Meio Ambiente

Lixo

A produção de resíduos é inerente à condição humana e inexorável. 

MAS A LATA DE LIXO NÃO É UM DESINTEGRADOR MÁGICO DE MATÉRIA ! 

     O lixo continua existindo depois que o jogamos na lixeira. 
Não há como não produzir lixo, mas podemos diminuir essa produção. 

     Como? Reduzindo o desperdício, reutilizando sempre que possível e separando os materiais recicláveis para a coleta seletiva. Tem coisas que a gente só não faz por não saber como. Navegando no Lixo.com.br você vai ter uma idéia de como a coisa funciona. É importante conhecer o processo e as regras quando queremos fazer a diferença. 

     A idéia é construirmos um mundo melhor, certo? Cremos que um futuro melhor seja o resultado de um presente mais responsável. 
RECICLAGEM

     Você sabe o que é preciclar? 
          • É muito simples! 
          • É pensar antes de comprar. 
          • 40% do que nós compramos é lixo. 

     São embalagens que, quase sempre, não nos servem para nada, que vão direto para o lixo aumentar os nossos restos imortais no planeta. 

     Poderia ser diferente? 

     Tudo sempre pode ser melhor. Pense no resíduo da sua compra antes de comprar. Às vezes um produto um pouco mais caro tem uma embalagem aproveitável para outros fins. 

     Estes são os 3 R's: 
          • Reduzir, Reutilizar e Reciclar

COLETA SELETIVA
     Com isso alguns objetivos importantes são alcançados: 
a vida útil dos aterros sanitários é prolongada e o meio ambiente é menos contaminado.Além disso o uso de matéria prima reciclável diminui a extração dos nossos tesouros naturais. Uma lata velha que se transforma em uma lata nova é muito melhor que uma lata a mais. E de lata em lata o planeta vai virando um lixão... 

     No Brasil existe coleta seletiva em cerca de 135 cidades, de acordo com o professor Sabetai Calderoni (autor do livro Os Bilhões Perdidos no lixo Ed. Humanitas). Na maior parte dos casos a coleta é realizada pelos Catadores organizados em cooperativas ou associações. 

     Sistemas de coleta seletiva podem ser implantados em uma escola, uma empresa ou um bairro. 

     Não há uma fórmula universal. Cada lugar tem uma realidade e precisamos inicialmente de um diagnóstico local: Tem cooperativas de catadores na minha cidade? O material separado na fonte e doado vai beneficiar um programa social? Vamos receber relatórios mensais dos pesos destinados? Qual é o tipo, volume e freqüência de lixo gerado? O que é feito atualmente? A cooperativa poderá fazer a coleta no local? Pra que separar em quatro cores se a coleta será feita pelo mesmo veículo? Como podemos envolver as pessoas? 

      Jornalzinho? Mural? Palestras? 

     Como você pode ver coleta seletiva é bem mais que colocar lixeiras coloridas no local. 

     A Coleta seletiva deve ser encarada como uma corrente de três elos. Se um deles não for planejado a tendência é o programa de coleta seletiva não perseverar. 


     O planejamento deve ser feito do fim para o começo da cadeia. Ou seja: primeiro pensar em qual será a destinação, depois (e com coerência) a logística e por fim o programa de comunicação ou educação ambiental. 

     Há algumas informações básicas que podem ajudar. 
Apresentamos em casos, algumas experiências em coleta seletiva. 
É muito importante pensar globalmente 
mas AGIR localmente! 

Por Pólita Gonçalves

DESTINO DO LIXO
     O primeiro passo quando pensamos na questão do lixo, o mais difícil de equacionar e o que vai demandar maior pesquisa, é a destinação. Afinal de que adianta separar se não conhecemos o processo como um todo? Para onde vai o nosso lixo depois que o lixeiro passa? Há alternativas? O que fazer com o lixo separado? As alternativas de destinação atuais são ambientalmente satisfatórias? Como poderia melhorar? O que eu posso fazer? Todas essas são perguntas altamente pertinentes que devem preceder qualquer iniciativa relativa a lixo. Este deve ser o fio condutor tanto de um trabalho escolar quanto de uma proposta de logística. Afinal, se queremos participar devemos conhecer a fundo o processo de nossa cidade. Essas perguntas nos instrumentalizam para a mudança com os pés no chão. Costumamos dizer que o romantismo é muito prejudicial para o meio ambiente pois alguns indivíduos, munidos da mais genuína boa vontade, eventualmente, ignoram o processo e acabam interferindo de maneira não durável ou afastada dos reais pressupostos, o que deixa uma imagem de insucesso que vai comprometer a próxima ação em meio ambiente. Todos vão achar que "isso não dá certo". Isso acontece com freqüência, não é mesmo? 

     Não existem respostas universais. 
     Não existe um sistema de coleta seletiva que possa ser considerado universal e aplicável a toda e qualquer situação. Cada caso é um caso, cada cidade tem a sua peculiaridade e as questões condicionantes devem ser minuciosamente estudadas antes de escolhermos este ou aquele desenho de logística de coleta seletiva. 
Precisamos estar preparados para os 4 fatores: quantidade, qualidade, freqüência e forma de pagamento; leis de mercado que muitas vezes inviabilizam a continuidade do programa de coleta seletiva.

Por Pólita Gonçalves

Atendimento
Telefone: (32) 3536-1126
atendimento@saaesenadorfirmino.com.br
Endereço
Rua Pio XII, N?40 - Centro
Senador Firmino - Minas Gerais
CEP: 36540-000
Serviço Autônomo de Água e Esgoto ?2015 Direitos reservados.
DV9 Soluções Digitais

DV9 Soluções Digitais

Piaget, Chopard and Zenith had set up benches with one of their master swiss replica watches watchmakers working on one or more trademark movements of the manufactures, while Jaeger-LeCoultre hosted a public workshop replica watches sale with participation fees going to a charity organization. My first stop was at Chopard where I saw their watchmaker trying breathe new life into what appeared to be a very intricate swiss replica watches movement. The piece turned out to be the L.U.C. 1.96 QP, which is an in-house made, modular, perpetual calendar movement. Modular means that there is a completely functional base movement with the basic replica watches sale functions of hours, minutes, seconds and maybe a simple day of the week. Then, there is a module (seen on the image above) which is replica watches much like a special extension for the base movement. It contains one or more complications and cheap replica watches is installed on top - or under - the base movement.